Juiz Marcelo Bretas junta-se Dallagnol em campanha: “Acompanhá-lo-ei em oração”

Juiz da Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas ficou famoso por citar a Bíblia em suas decisões

O juiz da Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas, que ficou famoso por citar a Bíblia em suas decisões, anunciou que irão se juntar à campanha de oração do procurador Deltan Dallagnol.

Após as críticas recebidas pelo procurador, Bretas usou o Twitter para apoiar a “campanha” de jejum e oração pelo fim da corrupção. Chamando Dallagnol de “irmão em Cristo”, disse que também intercederá “em favor do nosso país e do nosso Povo”.

O contexto das manifestações de ambos é o julgamento do pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula pelo Supremo Tribunal Federal, marcado para esta quarta-feira (4).

Brettas é evangélico e desde o seu primeiro dia na 7ª Vara Federal Criminal, que assumiu em 2015, deixou claro quais eram os seus valores.  “No dia em que ele chegou, tirou a Bíblia da pasta e disse: esse é o principal livro dessa vara”, lembra Fernando Pombal, diretor de secretaria da 7ª Vara. “É o que guia o espírito e a inteligência dele”, sublinha.

Por causa de citações bíblica nos despachos que condenaram o ex-governador Sérgio Cabral à cadeia, a defesa do político chegou a pedir o afastamento de Brettas, acusando-o de julgar baseado num pensamento religioso. O pedido foi negado.

por Jarbas Aragão – GospelPrime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *