Igreja do pastor George não tem mais cultos

A Igreja Batista Vida e Paz, dos pastores George e Juliana Alves, não tem cultos há pelo menos uma semana. As placas de identificação da igreja foram removidas e o local permanece trancado com correntes e cadeados.

Por questões de segurança, os fiéis estão se reunindo cada culto na casa de um membro diferente.

Na semana passada vândalos tentaram arrombar a igreja e retirar as placas de identificação. Um dos fiéis registrou queixa na 16ª Delegacia Regional de Linhares.

O pastor George Alves é pai e padrasto das crianças Kauã e Joaquim que morreram na madrugada do último dia 21, em um incêndio na casa onde moravam.

O enterro aconteceu ontem (10) no Cemitério São José, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. George está preso temporariamente no Centro de Detenção Provisória de Viana e não pode comparecer ao enterro das crianças por motivo de segurança.

Com informações de Gazeta Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *