Evangelista afirma que “todo cristão é capaz de entender a profecia bíblica”

onhecido por suas grandes cruzadas evangelísticas, o pastor Greg Laurie ultimamente tem abordado com frequência em seus sermões questões escatológicas. Ele acredita que eventos geopolíticos recentes são sinais que estamos vivendo os “últimos dias”.

Isso deveria fazer com que os cristãos aproveitem todas as oportunidades para compartilhar o evangelho, enquanto ainda há tempo. Laurie defende que existe um certo receio de muitos evangélicos em olhar para a profecia bíblica, achando que não são capazes de entendê-las.

Em sua igreja, a Harvest Christian Fellowship, no sul da Califórnia, o pastor vem pregando uma série de sermões sobre o livro de Daniel. Seu objetivo é chamar a atenção dos crentes para um trecho específico.

No capítulo 24 do Livro de Mateus, Jesus falava sobre as profecias de Daniel ao afirmar: “quem lê, entenda”. Para Laurie, isso é o suficiente para que todo cristão perceba o quanto isso é importante.

“Às vezes as pessoas dizem ‘não consigo entender a profecia bíblica’. No entanto, as Escrituras dizem: ‘quem lê, entenda’. Além disso, a própria palavra ‘Apocalipse’, que dá nome ao último livro, significa ‘revelação’”, destaca.

Sendo assim, defende Laurie, “o desejo de Deus não é esconder, mas revelar. Existe até uma bênção prometida em Apocalipse à pessoa que lê, ouve e guarda as palavras do Livro.”

Um dos elementos destacado por ele para que haja uma compreensão do quadro atual é olhar para Israel sendo restaurada como nação em maio de 1948, que seria o cumprimento de Ezequiel 36.

Os “próximos capítulos”, literalmente, seriam o ataque a Israel de uma “grande força vinda do norte”, continuou ele. O cenário descrito em Ezequiel 37 e 38 estaria sendo desenhado com a união política e militar da Rússia com a Turquia – antiga Togarma – e o Irã, antiga Pérsia.

“Há um claro desenvolvimento disso recentemente, pois a Rússia realmente se envolveu no Oriente Médio apoiando a Síria e se colocando como aliado leal do Irã”, explica.

Evangelização mundial

Mas ao invés de ficar tentando estabelecer datas ou fazer afirmações que possam gerar polêmica, o pastor Laurie prefere se concentrar na urgência da evangelização.

“Da minha parte, eu quero levar o Evangelho para o maior número de pessoas possível. Então, se Cristo vier enquanto eu estiver aqui, isso será fantástico. Se Ele não vier na minha geração, meu objetivo é levar o máximo de pessoas para o Céu comigo enquanto eu puder pregar o seu nome”, assegura.

Ele acredita que esse deveria ser o foco de todo cristão. Encerrou comum desabafo: “Acho que nós supercomplicamos a evangelização. Não é tão difícil como pensamos. Jesus não disse que o mundo inteiro deveria ir à igreja. Na verdade, enviou a igreja para ir ao mundo inteiro. Gostaria de ver as pessoas, onde quer que estejam, iniciando conversas evangelísticas como todo o ‘seu mundo’.”

O ministério de Greg Laurie realiza cruzadas evangelísticas desde 1990 em diversos países. Ele calcula que esses eventos já atingiram mais de 8,8 milhões, com mais de 500.000 pessoas decidindo seguir a Jesus Cristo. 

Com informações de Christian Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *